Gestão de medição e a qualidade no processo

Gestão de medição e a qualidade no processo

A gestão de medição está presente a todo momento no dia a dia na sociedade. O volume de combustível, a energia elétrica que abastece uma cidade e a massa (peso) de um produto no supermercado são algumas medições comuns e são atribuídas ao que o INMETRO classifica como Metrologia Legal, pois estão relacionados às atividades resultantes de exigências, referentes às medições, unidades de medida, instrumentos e métodos de medição e tem como objetivo principal proteger o consumidor conforme as exigências técnicas e legais obrigatórias.

Com medidas sendo geradas a todo momento, não nos questionamos se os instrumentos utilizados para essas medições são ou não confiáveis. Você já se perguntou se a bomba de vazão de gasolina libera a quantidade certa indicada no mostrador? Agora vamos trazer um outro exemplo, considerando o estado atual da pandemia instaurada pelo vírus da COVID-19,  podemos confiar no termômetro que indica a temperatura de armazenamento das vacinas?

Essas e outras perguntas podem parecer superficiais, mas são o primeiro passo para entender o processo de medição que acontece em diversas atividades da sociedade, sejam elas ligadas às áreas da saúde, alimentação, transporte, segurança e ambiental. Seja em qual contexto for,  ter medições confiáveis e que apresentem resultados válidos é o primeiro passo para a busca pela qualidade.

O que é a gestão de medição?

É possível dizer que um processo no qual o resultado é o valor medido e fornece resultados que, por sua vez, precisam ser gerenciados. O princípio de abordagem de processos da norma ABNT NBR ISO 9000 é a base para o entendimento da medição como um processo, ou seja, o processo de medição e a necessidade da gestão desses processos.

Um sistema de gestão de medição eficaz assegura que o equipamento e processos de medição são adequados ao seu uso pretendido. Além disso, é importante para atingir os objetivos da qualidade do produto e gerenciar o risco de resultados de medição incorreta. (ABNT NBR ISO 10012).

Sendo assim, o objetivo de um sistema de gestão de medição é gerenciar o risco de resultados de medição incorretos que afetem a qualidade dos produtos e o resultado dos processos de uma empresa. 

O que é uma medição de qualidade?

Para monitorarmos o risco de uma medição incorreta e conseguirmos atuar nos equipamentos e processos de medição é preciso entender o que é a qualidade de uma medição. 

Toda medição tem um questionamento (o valor medido é o valor verdadeiro?) associado ao seu resultado, ou seja, não existe uma medição perfeita. A dúvida é conhecida como incerteza de medição. Quanto maior for a incerteza de uma medição, pior é a sua qualidade. 

Para compararmos duas medições, como a inspeção de qualidade de um fornecedor e a inspeção de recebimento do cliente, precisamos conhecer o nível de incerteza, ou seja, ter um indicador de qualidade dessas medições. 

Como exemplo, posso medir a densidade de uma amostra com um picnômetro e com um densímetro, qual processo de medição é melhor? Neste caso, é possível escolher o método de medição que apresenta a menor dúvida ou a menor incerteza de medição.

A qualidade dos resultados (gerados pelos diversos processos de medição utilizados) será a base para a busca pela qualidade de produtos, controle de processos e satisfação do cliente.


O artigo foi útil para você? Leia também Impulsionando a sustentabilidade com serviço e suporte de metrologia

Curtiu o conteúdo? Deixe seu comentário!

Sobre nós

Criada para desenvolver a necessidade do mercado nacional, a ENTERFIX vem conquistando o mundo da metrologia e trazendo soluções em sistemas de fixações e desenvolvimentos específicos viáveis ao setor.

Posts recentes

Curta a nossa página no Facebook!

Confira os nossos produtos oficiais!